POR ENG CONTATO
O QUE É UM CORPO FEMININO?

O QUE É UM
CORPO FEMININO?

500 /500

Os comentários não poderão ser editados após o envio,
e serão mostrados no idioma original.





Nome

Idade

Cidade/ País












uma veste
uma alma
uma fortaleza

Isabel Silva, 39
Soledade/RS/Brasil

Anos atrás eu estava na cama com um namorado e depois de transarmos ele me olhou com nojo e disse que eu havia menstruado, corri pro banheiro (a gente aprendeu a ter culpa ao longo da vida!) e constatei que não! Voltei e anunciei seu engano, mas havia sangue... aí ele viu que uma veiazinha de seu penis havia rompido, ELE É QUE SANGRAVA!!! Rio até hoje da cara que ele fez. Atenção mundo machista: NOSSO CORPO FEMININO MENSTRUA E ISTO É LINDO!!!!!

Marisa, 67
Brasilia/ Brasil

Quando a mulher se movimenta toda a estrutura da sociedade se movimenta com ela. Somos movimento, mutação. Somos luta, força, sonho. Somos tudo o que quisermos ser, e ninguém vai nos convencer do contrário. Não mais

Mare, 26
Itacaré, bahia

é mais do que corpo, é alma e o sentimento de sentir-se mulher todos os dias.

Jessica, 34
Porto Alegre/Brasil

O corpo silencioso
reflete em reflexos
ou concavo ou convexo
do seu eixo de desleixo
É corpo silenciado
que se espelha distorcido
torto
Pertence ao erro
ao desvio
e se cala

A nudez escondida
A pele sorrateira
vivendo pelos esgotos alegóricos das praças públicas
debaixo dos tapetes persas das salas das manequins de loja em liquidação que ganharam vida e saíram para passear
e estampar Shampoos & Condicionadores de farmácia

(continua aqui:
http://efemeroaqui.blogspot.com/2016/04/blog-post.html)

Qex, 27
Porto Alegre/Brasil

Espaço de construção de subjetividades, de experimentações livre, de aceitacão...de VIDA. Morada entra com cuidado, por favor? Lugar de acolhimento, afago, aconchego e também de devaneio, fortaleza, caos e gozo, imensidão e força. Todo corpo feminino traz consigo uma dualidade de beleza ímpar. Lugar de verdades...
Aqui mando eu, respeito minhas lágrimas, meu recolhimento pelo menos uma vez por mês e aqui comemoro vida criativa incessante numa espiral sem fim! Amo ser a mulher que me tornei.

Heloisa Medeiros, 41
Porto Alegre

é a ambígua corda bamba entre entre o poderoso corpo capaz de gerar vida, alimentar e ter seu ciclo renovado a cada mês, ao mesmo tempo que é o corpo que nos faz sentir aprisionadas, impedidas do direito fundamental de ir e vir, por ex., tendo em vista o subjugo, por vezes abuso, assédio e violência que nos é acometida pelo simples fato de estarmos sob a pele de mulher - é estar sempre sob aquela sensação de que, numa situação de risco, o medo mais profundo será de ter nossos corpos violados

ana carolina oliveira tessmann, 28
brasília df

Milhares, cem, dez... um corpo feminino. Não sei dizer e pensar corpo no singular. Para mim, um corpo feminino é diverso em formas, tamanhos, cores, órgãos, feridas e nãos... fecha as pernas, menina não brinca de carrinho, não usa azul, não tem pênis, não, não. Um corpo feminino é cicatriz dos tantos nãos, das imposições sociais, das violências diárias, das transformações que não escolhemos ou que escolhemos e desejamos. É um constante reivindicar.

Iassanã Martins, 32
Porto Alegre/Brasil

O corpo feminino não é, está. Sujeito às construções sociais, às críticas e julgamentos. Ainda vulnerável ao elogio e à aprovação ou ao medo e a invasão. Ao olhar do outro, da outra, do nosso...Não apenas esteticamente,sobretudo,significativamente.O corpo feminino não é, está. Em processo, evolução,transformação,expansão. O corpo feminino tem o direito de não ser, apenas estar, onde e como nossos próprios desejos e necessidades indiquem, inclinem. Somos muito mais do que um corpo .

Lisiane Medeiros, 47
Porto Alegre

É um meio de transporte de uma alma , movido a sentimentos e sensações, as vezes vulnerável mas com uma enorme capacidade de adaptação e regeneração.

Valentina kasper, 40
São José dos Campos

É uma casa de subjetividade, dor, amor, energia e poder. Uma morada que carrega histórias, cicatrizes e experiências. É pele, é sexo. É descoberta e luta.

Laís ribeiro, 31
Porto Alegre - RS - Brasil

uma ferramenta de sentir

Joana Schneider, 27
Porto Alegre/Brasil

É uma festa.

Ju, 0


O Corpo, é apenas a forma retratada, para que o feminino, possa colocar ali, sua força, determinação, garra,comando, atitude a olhos vistos para qualquer outro ser. É transformação, é transposição .

renata c naves, 50
brasil